Portugal deixou de ter falta de trabalho e passou a ter falta de trabalhadores

NOTÍCIAS
Responder
admin
Site Admin
Mensagens: 2979
Registado: segunda abr 16, 2018 12:42 am

Portugal deixou de ter falta de trabalho e passou a ter falta de trabalhadores

Mensagem por admin » segunda abr 16, 2018 12:48 pm

Imagem

Ouvimos falar muito sobre o desemprego em Portugal. As queixas são frequentes e partem, geralmente, da parte dos jovens recém formados que sentem, na pele, a dificuldade de integrar o mercado de trabalho nacional.

O reverso da medalha, neste caso, começa, no entanto, a ser outra realidade. Ao mesmo tempo que os jovens vão emigrando, procurando oportunidades nas suas áreas de formação, o país vai ficando com cada vez mais vagas que ninguém quer ocupar.

Esta realidade sente-se um pouco por todo o mercado de trabalho mas principalmente nas áreas de trabalho vinculadas ao turismo. Neste momento, existem inúmeras empresas a oferecer trabalho, sem que exista uma resposta igualmente intensa por parte de trabalhadores qualificados.

Tanto o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP, também conhecido como centro de emprego) como os meios menos convencionais (como as plataformas digitais, fóruns e redes sociais) têm vindo, gradualmente, a divulgar diversas ofertas de emprego, sendo estas recusadas com frequência.

Debruçamo-nos hoje sobre esta questão para tentar compreender as razões que levam Portugal a passar de um país com falta de trabalho para um país com falta de trabalhadores.

1. A dualidade da experiência

É um ciclo vicioso muito difícil de quebrar. As empresas querem funcionários com experiência. Os desempregados querem a experiência que lhes permitirá ser contratados. E esta é uma das razões pelas quais os trabalhos continuam pendentes, sem que sejam aceites, deixando muitos contratadores de mãos a abanar no momento de preencherem as suas vagas de emprego.

Existe, hoje em dia, entre os recém licenciados, a sensação clara da precariedade da educação superior, que é falha na atribuição de momentos onde se conquiste experiência efetiva e que seja acreditada junto das entidades contratuais.

In Informa Mais

Responder